categorias: Vida de Mãe

Vocês sabem os verdadeiros perigos da Diarreia Infantil?

A diarreia nada mais é que uma alteração do ritmo intestinal apresentando fezes liquidas.

Muitas podem ser as causas, no verão principalmente onde vamos a praia realizamos passeios ao ar livre, estamos mais expostos, a viroses ou intoxicações alimentares.

Os primeiros sintomas são dores de barriga que podem ocasionar desidratação, febre e vômitos.

E qual o perigo da diarreia infantil?

O maior risco da diarreia é a DESIDRATAÇÃO. Com o aumento das fezes e consequentemente maior perda de líquidos do organismo, alguns órgãos são afetados. Os primeiros são os rins, que levam a uma insuficiência renal aguda, depois fígado, coração, cérebro e pulmão.

A criança pode ficar tão fraca que chega a desmaiar e em casos mais graves pode até entrar em coma.

Fique atenta aos sintomas de desidratação:

– Boca seca

– Sonolência ou cansaço – crianças tendem a ser menos ativas do que o habitual

– Sede

– Diminuição do xixi. Em bebês, ficar atento se não molhar a fralda por três horas ou mais

– diminuição das lagrimas ao chorar

– dores de cabeça

– pele seca

– Prisão de ventre

– Tonturas ou vertigens.

Como tratar?

Primeira coisa que devemos fazer é repor os líquidos do organismo. Por tanto não se preocupe tanto com a alimentação, mas mantenha a criança hidratada.

Para essa hidratação, dê preferencia para bebidas naturais, como água, água de coco ou sucos naturais.

Para ajudar a recuperação do intestino e diminuir o desconforto é recomendada pela Organização Mundial da Saúde a ingestão de Zinco. Conseguimos essa reposição através de alimentos como peixes e alguns legumes ou através  de medicamentos, como o BioZinc, do laboratório Aché, que tem uma quantidade concentrada de Zinco e age rapidamente.

Este medicamento pode ser usado em crianças, grávidas e até mulheres que amamentam, mas não esqueça de consultar seu pediatra.

#UnidosContraADiarreiaInfantil  #SerMaeNaoEBrincadeira #verão #cuidados #férias

BioZinc é um medicamento. Leia a bula e consulte sempre o seu médico.

 

Este post conta com o patrocinio de uma marca que confiamos

 

Imagem capa: Shutterstock

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook