categorias: Vida de Mãe

Dúvidas sobre a vacina da meningite B

Como o assunto Meningite e suas vacinas está em alta no grupo e as mães com MUITAS dúvidas resolvemos esclarecer algumas delas por aqui. Para isso pedimos a ajuda da Dra. Bianca Bezerra que é pediatra da Clinica de Vacinação Humana. Esperamos que as informações ajudem.

- Qual a diferença entre as vacinas de meningite?

Existem hoje no Brasil três vacinas para a prevenção da meningite. A vacina conjugada meningocócica C, dada no primeiro ano de vida, aos 3 meses e 5 meses de vida, disponível também no Sistema Público de Saúde. A vacina conjugada meningocócica ACWY, liberada para uso a partir do primeiro ano de vida, disponível apenas nas clínicas privadas, recomendada para o reforço vacinal nas crianças e para a imunização de adolescentes e adultos por abranger um maior número de sorogrupos do meningococo. E agora a vacina recombinante meningocócica B, disponível também apenas nas clínicas privadas, indicada para a imunização de indivíduos a partir dos 2 meses de vida e licenciada para indivíduos até 50 anos de idade.

- Já existe uma previsão de volta da vacina da meningite B no mercado?

A nova vacina meningocócica B foi lançada comercialmente no Brasil em Maio de 2015 e, como todo lançamento, a demanda projetada foi baseada no histórico de lançamentos anteriores e indicadores atuais de mercado. No entanto, devido à importância epidemiológica da doença meningocócica no país, surtos recentes e a ótima aceitação da vacina pelo mercado privado brasileiro, houve uma procura pelo produto muito superior à expectativa inicial e todas as premissas estabelecidas anteriormente. No momento, temos uma previsão de reabastecimento da vacina em meados de novembro, de acordo com o laboratório fornecedor da mesma.

- Meu filho já tomou a primeira dose da Vacina para 
meningite B, mas como a vacina esta em falta, 
não consegui dar a segunda. O que fazer?

Em geral, quando uma vacina é aplicada em várias doses significa que, a cada dose, há um aumento progressivo da defesa do organismo. Todas as doses são importantes para que a vacina resulte no efeito esperado, assim como respeitar o intervalo entre as doses. Porém se ocorrer um atraso com a próxima dose da vacina não precisa se preocupar porque não existe “data de vencimento” do calendário de vacinas. O importante é retomar a vacinação assim que possível. Vacina tomada não é vacina perdida! Ou seja: é melhor dar vacina atrasada do que não dar.

- Existe uma epidemia de meningite no Brasil?

A meningite é considerada uma doença endêmica no Brasil, ou seja, presente em algumas localidades. O que vem ocorrendo são surtos em algumas regiões do país, como o que aconteceu recentemente no Rio Grande do Sul, onde foi registrado um aumento no número de casos de Meningite C, por exemplo. Portanto, não podemos falar hoje em epidemia de Meningite no país.

- Adultos também precisam tomar vacina para meningite?

Todas as pessoas, crianças, adolescentes, adultos e idosos, podem contrair a Meningite Meningocócica. Estima-se que ocorram pelo menos 500.000 casos da doença por ano no mundo, cerca de 3.000 casos somente no Brasil. Além de causar doenças, o meningococo é encontrado (sem causar doença) no nariz e na garganta de 10% a 25% da população. Quem carrega a bactéria nessas regiões é chamado portador assintomático. A maioria dos portadores não adoece, mas pode transmitir essa infecção potencialmente fatal a outras pessoas através de secreções respiratórias, da saliva expelida ao tossir e espirrar, ou outras formas de contato próximo.  Por tudo isso, embora os lactentes sejam os mais vulneráveis a doença meningocócica invasiva, todos devem se vacinar.

bianca-humana vacinas Drª. Bianca Bezerra Quintiliano da Fonseca
 Pediatra e Cardiopediatra.
 Formada pela Faculdade de Medicina da Universidade 
 Federal da Bahia.
 Residência Médica em Pediatria pela Faculdade de 
 Medicina da Universidade de São  Paulo.
 Especilista em Cardiologia Pediátrica 
pelo Hospital do Coração – Associação do Sanatório 
Sírio.
Especialista em Terapia Intensiva 
Cardio-Pediátrica pelo Hospital do Coração – 
Associação do Sanatório Sírio.
Título de especialista em Pediatria junto a 
Sociedade Brasileira de Pediatria desde 2009.
www.humanavacinas.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/HumanaVacinasSP?fref=ts
Telefone contato:(11) 5051-2499

Lembrando da nossa parceria com a Humana Vacinas onde temos descontos em todas as vacinas.

As mães do grupo tem 5% de desconto na tabela (basta informar que é do grupo) e as mães do Clube (www.clubeformaes.com.br) tem de 5% a 20% dependendo da vacina. Basta apresentar a carteirinha.

Imagem capa: Shutterstock

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook