categorias: Vida de Mãe

Baby Blues

 

baby-blues

Sabe aquelas coisas que acontecem com a chegada da maternidade e que ninguém fala?

Resolvi contar algumas coisas que passei:

Baby Blues!!! Sabe o que é?

Pois é, eu não sabia….

Melancolia pós parto, tristeza sem fim que preenche a cabeça e o coração. Muitas vezes a exaustão é tão grande que não conseguimos parar e prestar atenção no que está acontecendo.

Como? Acabamos de ter bebê? Realizamos um sonho… Cadê o maior amor de todos??? Cadê toda aquela felicidade que vemos estampadas nas revistas???

80% das mulheres enfrentam esse ¨probleminha¨ hormonal. Que pode aparecer logo nos primeiros dias do pós parto e vai embora em poucos dias.

O importante é:  saber o que está acontecendo e buscar ajuda, apoio da família e amigos.

Um turbilhão de sentimentos como tristeza, ansiedade, choro…..(no meu caso: rios de choro!!!) e irritabilidade invadem  a casa. Pode ocorrer também alterações no apetite, no meu caso eu não tinha fome. Não conseguia comer nada.

Também super compreensível; um bebê esta ali, dependente 100% de você, sente fome, chora, dorme em horários estranhos e totalmente diferentes dos nossos.

O baby blues vem e vai embora logo. Caso isso não aconteça não hesite em procurar ajuda médica.

De repente, como num passe de magica, as coisas começam a se encaixar, você e o pequeno se entendem, as mamadas já não são tão difíceis, dá para tirar sonequinhas junto com as dele.

Já dá até pra encarar as visitas….

**Fique atenta a qualquer sinal diferente e converse sempre com seu obstetra.

E vocês passaram por isso??

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

23 comentários

  1. Fabiola Donato Trevisan Thamer

    Tb passei, super ruim para quem nunca ouviu nada a respeito.

  2. Vivian Ceneviva

    Sim,

    Mas o meu problema não foi embora rápido. E me negava em procurar tratamento. Julgava que Psiquiatra era para tratar loucos e eu não estava louca.

    Demorei para perceber que meu problema era químico e que aquilo tinha solução.

    Tomei medicação por 1 ano e meio e hoje estou “desmamada” da medicação e aproveitando TUDO e um pouco mais da maternidade.

    Mas a pergunta que não quer calar persiste na minha cabeça: Será que terei outro filho e passarei por isso novamente?

  3. Luciana

    Re, passei muito! Só que no meu caso não ia embora, piorava, piorava…o quadro hormonal estava de ponta cabeça e precisei ser medicada e ir na psiquiatra…Em 8 meses, fiz o tratamento, “desmamei” o remédio e deu tudo certo. Hoje 1 ano e 8 depois até dou risada…mas sofri muito com isso! Tudo passa! bjos

  4. Karina Martins

    Rê, eu não tive essa “depressão pós parto” que é mais comum do que as pessoas imaginam e realmente tem que ser observada bem de perto pelo Marido, pq muitas vezes é dificil da própria pessoa se dar conta.
    Se já é dificil o começocom aquele serzinho novo em Casa, imagina desse jeito.
    Um bjo grande

  5. Amanda Martinez A Costa

    E como passei….. Tadinha da minha mãe, tia e marido que tiveram que me aguentar!!!

  6. Juliana

    Simmmmmmmmm e como!
    E incrível q tbém nunca tinha ouvido falar! Uma coisa tão comum e tão pouco falada a respeito… Acho q as pessoas sentem vergonha de sentir tristeza em um momento tão mágico, mas são tantos hormônios, tantos hormônios e aí são tantas lágrimas, tantas lágrimas!! Affff achei q ia desidratar! Comecei a ficar assim com 10 dias e foi melhorar 20 dias depois! Da mesma forma q veio foi embora! Mas tive uma ajudinha de passiflorine e equilid… Acho super importante falar a respeito e esclarecer as dúvidas, mesmo pq temos q observar se não vira uma depressão!
    Bjssss

  7. Renata respondeu Fabiola Donato Trevisan Thamer

    Fá, é por isso q resolvi compartilhar!!!

  8. Renata respondeu Vivian Ceneviva

    Vi, também tenho medo de como será no próximo!!!

  9. Renata respondeu Luciana

    Muito dificil passar por isso Lu, só quem vive sabe.

  10. Renata respondeu Karina Martins

    Ká, ainda bem q vc não passou por isso. É super confuso no começo mesmo.

  11. Renata respondeu Amanda Martinez A Costa

    Amanda, ainda bem que passa né? Bjos

  12. Melissa Thó

    Passei por isso com o nascimento dos dois filhos!
    Quando o Enzo nasceu , logo que eu cheguei em casa da maternidade, já comecei a chorar! Lembro perfeitamente de um dia que meu marido tinha ido trabalhar e quando chegou em casa me perguntou se estava tudo bem, como tinha sido o dia etc. Quando fui responder não consegui falar, comecei a chorar! Meu marido tentava me entender e me ajudar, mas mesmo assim eu tinha muita vontade de chorar! Graças a Deus ou graças ao meu medico, sabíamos que isto era um descontrole hormonal e logo entrei com a medicação! Meu medico já tinha avisado minha mãe e meu marido na maternidade sobre isso e avisou que era simples e que ao menor sinal era pra gente ligar que ele passaria o medicamento, pra eu não ficar sofrendo e tentando acabar com a ” tristeza ” sozinha!
    Passados 4,5 anos depois veio a Sofia e também senti a mesma coisa! Só que com ela comecei a chorar antes mesmo de chegar em casa, na maternidade! Mas nos dois foi tudo ok, fui logo diagnosticada e medicada e tomei o remedio no máximo por dois meses! Ainda bem que tem cura!!!!! Rsssss! Beijos!

  13. Débora Campos

    Passei por isso, levei um susto e principalmente pq achava que era a única no mundo com isso! Hoje falo sobre esses sintomas com todas as grávidas que conheço. Adorei o blog!

  14. Mi

    Rê, adorei o post! Acho importante compartilhar experiências assim.
    Recentemente até escrevi em meu blog um depoimento sobre isso….não sei se leu, segue o link abaixo:
    http://www.tipsformommy.com/2012/09/meu-depoimento-baby-blues.html

    Depois que publiquei meu depoimento, muitas leitoras se identificaram com o texto!!!
    Beijos,

  15. Felipe Reis Sanchez

    Minha prima passou por isso, mas superou rápido e hoje está super bem =)

  16. Renata respondeu Melissa Thó

    Q bom q passa!!! rs

  17. Renata respondeu Débora Campos

    Debora eu tb faço questão de falar com todas as minhas amigas e não poderia deixar de falar aqui!!!

  18. Renata respondeu Mi

    Mi, vi agora!!! otimo post. É mesmo muito importante tocar no assunto. Pq é velado por muitos.
    Podemos ajudar muita gente.
    Você recebeu meu ok??
    Bjao

  19. Renata respondeu Felipe Reis Sanchez

    Felipe, o importante e estar bem informado. passa mesmo!!! Q bom q sua prima esta bem. Obrigada por participar!!!

  20. Camila Puga

    Tomara que passe reto dessa, mas se não já sei por que beijo

  21. Marta Prada

    Passei isso nos dois nascimentos no segundo eu demorei a procurar ajuda pois achava que sairia sozinha e não sai, mas estava mais consciente! Saber que podemos passar por isso ou pela dpp ja é meio caminho andado!!! Nao tenham medo de ter mais de um filho por causa da baby blues ou da dpp pois esses problemas passam e os filhos ficam e nos fazem prosseguir e felizes!!!!

  22. Renata F. Cantáfio

    Engraçado!
    Só vi hoje esse post por conta do post do Terrible two, também, se eu tivesse já lido, não me lembrava!!!
    Passei por isso nos primeiros dias sim! É tão estranho!! Não sabia que isso existia até fazer parte do grupo 4 MOM´s e descobrir e agora lendo seu post, era exatamente isso que eu sentia nos primeiros dias!
    E pensava:
    “Por que raios estou tão nervosa e triste se estou realizando o meu maior sonho?”
    Mas, o que importa é que passou rapidinho!
    Como digo, sentia que de três em três meses tudo ia mudando! O Samuel ia aprendendo mais coisas e eu também!
    AMEI saber que isso que passei é normal e tem um nome!
    Beijo

  23. Renata respondeu Renata F. Cantáfio

    :)