categorias: Mãe da Semana

Paula Ortiz- Entrevista Mãe da semana

Eis que o convite chegou no meu inbox! Confesso que me passou pela cabeça não ter nada muito interessante para dividir, mas fazendo uma retrospectiva mental, percebi que virar mãe é ter muita estória para contar! Então vamos lá: Sou Paulista e tenho 31 anos. Eu posso dizer que fui muito aventureira na adolescência rs! Se me apaixonava por algo, entrava de cabeça. Já fui do esporte (fiz dança, musculação, natação, me dediquei 7 anos a capoeira), já fui do forro, das viagens roots explorando praias brasileiras com amigas e barraca, já tive banda, já fui das baladas, tive 3 namorados e foram loooongos namoros.. Rs! Sempre assim, se eu curtia me entregava de corpo e alma.

Sempre trabalhei mas nunca conseguia estar por muito tempo no mesmo local de trabalho, talvez porque nunca me apaixonei por nenhum deles. Foi muito difícil para mim encontrar uma faculdade que eu quisesse terminar, já havia feito design, psicologia, propaganda e mkt, curso técnico em massoterapia (meu perfil indeciso de capricórniana super ajudou!) me formei “tardiamente”, aos 25 anos comecei publicidade e aí foi! Rs!

Minha gravidez chegou de pára-quedas na minha vida e do meu marido no último ano da faculdade, na época, eu trabalhava em uma grande agência de publicidade na área de planejamento. Já namorávamos entre idas e vindas há 5 anos e estávamos estáveis ah 1 ano. Como eu era bem desregulada demorei 2 meses para desconfiar da gravidez! Meu único sintoma foi muito sono, levava um lanche para o estacionamento, comia e dormia no carro, chegava em casa dormia e dormia, meu corpo apresentou mudanças, dei uma engordada e acabei me inscrevendo na academia, fui por dois dias, os outros todos eu fugia para dormir kkkkkk. Comprei o teste e demorei uma semana a mais para ter coragem de fazer. Toda noite meu marido me cobrava: vc já fez? Um dia acordei fui lá, fiz e PUMBA! Dois pauzinhos! Passei uma semana entre uma felicidade e pânico pensando como seria mas já tão orgulhosa de me sentir mãe! Depois do primeiro ultra-som que a ficha do meu marido caiu e ele ficou muito emocionado Me lembro de um dia estar com a minha mãe almoçando em uma churrascaria e contando a ela que estava super a fim de me inscrever em um programa para trabalho voluntário em um santuário de elefantes na África e no próximo almoço no mesmo lugar contando que ela ia ser avó! Kkkkkk

Gente a minha gravidez foi certamente o momento que eu mais me senti especial em toda minha vida! Fui paparicada pela família, amigos, pessoas sorriam para mim na rua, elogiavam meu barrigão e davam seus lugares na fila. Até os garçons me serviam “a mais” sorvete extra, docinhos de graça… Não preciso dizer que aproveitei a beça né?

Talvez por eu ser pequena passava a impressão que minha barriga estava enoooooorme.. E nas últimas semanas me sentia desconfortável, então, no dia 21 de abril 2012 meu príncipe Felipe tão esperado chegou! Até achei que ia tirar de letra PQ ele mamava direitinho e dormia bem. Até que… Chegamos em casa…Senhore mioooo! Ele chorava muitooooo, mamava e queria colo 24h, dormia 0! Felipe foi um bebê hight need. Aos poucos fui montando nossa rotina e tendo acertos na forma de colocá-lo para dormir. Com 5 meses eu já conseguia descansar apesar das acordadas noturnas. Optei então pela cama compartilhada e amamentação prolongada e assim acertei mais uma vez. Hoje em dia ele dorme seguro a noite todinha!!!

Posso dizer que como tudo que amei na minha vida me joguei de cabeça, com a maternidade não foi diferente. Virei uma mãe maluca de cuidados e doidinha de amor! Deus foi tão generoso comigo, Felipe é um presente, ele é meu companheirinho de aventuras, a realização de um sonho que eu nem sabia que tinha.

Como toda boa mãe de primeira viagem a insegurança ainda bate em minha porta e por isso é tão bom poder contar com vocês. Entrei para grupo há 2 anos por indicação da querida amiga e m@e Janaina Lobo (obrigada demais amigaaa!). Aqui já tive ajuda em horas de pânico, já desabafei e encontrei pessoas generosas e lindas com um único objetivo em comum: cumprir da melhor forma possível a complexa tarefa de ser MÃE. Foi aqui no grupo que encontrei uma nova profissão, lendo um post sobre topos de bolo feitos com biscuit, descobri um certo talento e acabei por me tornar uma artesã. Comecei fazendo personagens do desenho da Peppa para o niver do Felipe e não parei mais. (Obrigada querida Cristina Censi Nogueira!!!) Hoje trabalho em casa e assim posso continuar me dedicando bastante ao Felipe.

Queridas moderadoras Renata e Kiki obrigada pela sabia ideia de criar este espaço e obrigada a todas as mamães que aqui estão para acrescentar, chorar e rir umas com as outras. Vocês fazem o meu mundo materno muito mais feliz!

Eu era: Exploradora da minha felicidade

Depois da maternidade, eu sou: feliz

Como descobriu a gravidez: No susto

Pretende ter outros: não por enquanto!

Trabalha: em casa meio período

Em caso positivo, onde ficam as crianças: meio período na escolinha

Por que optou por isso: não dou certo com modelo baba, nem diarista eu “sei” ter rs!

Melhor distração: passear no bairro com Felipe

Ícone: minha mãe e meu pai

Ser feliz é: acordar com o Bom Dia delicioso do meu filho todos os dias!

O maior sonho: achar um lugar perfeito para morar com a família. Que seja perfeito para todos pq Sampa ta difícil..rs!

Horas de sono por noite: 10! Uma conquista suada!

Uma dica para as futuras mães: calma, rotina e sigam seus instintos. Mãe erra, mas sempre tentando acertar. Não se martirizem!

Uma receita infalível para os pequenos: gastar a energia deles, com isso, tudo funciona melhor.

Um programa inesquecível: férias em Serrambi

A viagem perfeita com os pequenos: com certeza será ir a Disney!

Paula X Paula: Sou uma pessoa de extremos, posso ser muito amável mas posso ser muito chata, posso estar muito feliz ou muito emburrada depende do dia, da pessoa, mas, na maioria das vezes sou positiva, sonhadora e idealista. Adoro ajudar, seja com uma palavra ou com um gesto, sou ombro amigo mas dificilmente vou chorar no ombro de alguém. Guardo tudo para mim e tento me resolver. Se eu estourar é pq estava péssima rs!

paula-ortiz-5 paula-ortiz-3 paula-ortiz paula-ortiz-2 paula-ortiz-4

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

1 comentário

  1. Mel Cavalieri

    Ahhhhh q entrevista linda! Te amo amiga! Parabéns por ser essa mãezinha tão dedicada!