categorias: Mãe da Semana

Melissa Thó – entrevista

Antes de mais nada obrigada Renata Costa pelo convite em ser mãe da semana!!! Adoro ler cada história, conhecer um pouco mais de cada uma e hoje estou aqui para contar a minha história! Agradeço também a Querida Bianca S. Martim, minha amiga de mais de 20 anos, por ter me adicionado ao grupo, que eu gosto tanto!!!

Ui! difícil quando é com a gente, né? Mas vamos lá! Tudo começou quando um dia eu abri a porta de casa para trabalhar e dei de cara com um rapaz no Hall do andar. Pensei: Acho que vi um gatinho! Minha mãe já tinha comentado em casa que tínhamos novos vizinhos, mas até então eu ainda não tinha visto. Bom esse rapaz, o vizinho (como ficou conhecido mais tarde) é o Hélio! Nos encontrávamos sempre no elevador, trocávamos olhares e só. Até que um dia eu estava na varanda do apartamento de uma amiga do mesmo prédio e vi ele chegando de carro, entrando na garagem. Corri pra pegar o elevador, apertei a garagem e desci. Quando o elevador parou na garagem, ele abriu a porta e eu estava dentro (coincidência, né? kkkkk). Aí virei para ele e falei: Eu: Oi tudo bem? Ele: Tudo e você? Eu: Tá calor hoje né? (Era verão e estava uma noite ótima!) Ele: É.. Eu: Quer tomar uma cerveja? Ele: Eu? Eu: É você!!! KKKKKK! Aí saímos pela primeira vez. Mas foi só pra bater papo e se conhecer mesmo, até nossa outra vizinha (a qual eu estava na casa quando vi ele entrar no prédio) foi junto. O primeiro beijo rolou na despedida, quando cada um foi pra sua casa, no mesmo prédio, no mesmo andar, porta com porta! Depois disso ficamos mais algumas vezes, mas entre idas e vindas, pois nesse tempo ele voltou com a ex-namorada, eu comecei a namorar outro rapaz, enfim quando um estava livre o outro não estava e por isso ficamos um bom tempo longe um do outro. Até que um dia os dois livres e desimpedidos, ficamos novamente. Ficamos assim sem compromisso por um tempo, até que resolvemos namorar! Foram 4 anos de namoro, até que me casei com o vizinho! Realizei meu sonho de menina! Casar na igreja, de véu e tudo o mais que eu tinha direito! Passaram-se 1,5 ano de casados e em Agosto de 2006 resolvi parar de tomar a pílula anticoncepcional, pois queria engravidar a partir do início de 2007 e todo mundo me falava que era super difícil engravidar, ainda mais pra quem tomou pílula por muitos anos sem pausa como eu. Pois bem em set/2006 (apenas 1 mês após) eu descobri que estava grávida do meu 1° filho! Foi muita alegria, apesar da surpresa! Em Junho de 2007 nasceu o Enzo, um filho lindo e muito amoroso! Curtimos o Enzo bastante, até que achamos que era a hora do segundinho! E aí foi a mesma coisa, parei a pílula em Jan/2011 e em Fev/2011 estava grávida! De novo aquela alegria sem fim! Alegria maior ainda quando descobri que era uma menininha! Chorei muito quando peguei o resultado da sexagem fetal, afinal na primeira gravidez eu não tinha preferência nenhuma, aliás tinha quase certeza de que seria um menino, mas na segunda gravidez eu queria muito uma menina e Deus nos abençoou com a chegada da Sofia!!! Hoje posso dizer que sou uma pessoa feliz e realizada! Agradeço a deus todos os dias por essa família linda que Ele me deu!

Eu era: Uma pessoa sonhadora!

Depois da maternidade: Uma pessoa bem mais realista, e mais organizada.

Como descobriu a primeira gravidez: Por um teste de farmácia com 7 semanas de gestação. A menstruação já estava atrasada há um bom tempo, mas como foi o primeiro mês, logo depois que parei a pílula e eu sempre fui muito desregrada, achei que seria normal atrasar.

E a segunda: Também por um teste de farmácia, logo no segundo dia de atraso!!!!

Pretende ter outros: Nããããoooo!!! Essa duplinha já nos basta!!! Fora que meu dia já termina umas 23:00h, pois depois que as crianças dormem as 21:00h, é que vou jantar, tomar banho, curtir o marido etc. Imagina com três, kkkkk!

Trabalha: Sim! Trabalho com seguros e também com festas infantis. Ou seja trabalho muito, mas consigo ficar bastante em casa com as crianças, fazer os meus horários etc.

Onde ficam as crianças: As crianças ficam em casa com a babá. Aliás meu braço direito, que já está conosco há 4 anos!

Por que optou por isso: Optei por isso, pois como fico muito em casa (meus trabalhos me dão essa opção) posso acompanhar de perto o crescimento das crianças e quando preciso sair, sei que elas estão bem cuidadas e não preciso ficar incomodando os sogros toda hora (afinal eles já têm uma certa idade e não tem mais tanta disposição). Meus pais depois que casamos, resolveram se mudar também e hoje moram no interior (bem pertinho), mas não dá mais pra contar todos os dias!

Melhor distração: Viajar, sair com a família pra comer fora, receber amigos em casa e fazer festas!!! (Tanto pra mim, quanto pra minhas clientes, adoro!!!)

Ícone: São muitos!!! Mas em especial meu pai que veio de uma família simples e lutou muito para conquistar e nos oferecer uma vida ótima! E minha mãe, que além de mãezona, é uma amiga e tanto! Conto com eles pra tudo na vida! Meus amores, meu porto seguro!

Ser feliz é: Poder viver com saúde, ter dois filhos incríveis e viver com um marido companheiro, amoroso e além de tudo um paizão!

O maior sonho: É ver meus filhos crescerem saudáveis e se tornarem pessoas boas, dignas, merecedores do amor e do carinho de todos que os rodeiam. Quero vê-los encaminhados, criando suas próprias famílias e acima de tudo quero vê-los sempre felizes!

Horas de sono por noite: de 6 a 7 horas!

Hora que curte o marido: A noite e aos fins de semana!

Uma dica para as futuras mães: Aqui em casa o que sempre funcionou e funciona até hoje é rotina e bom senso! Seguir seu coração sempre!

Uma receita infalível para os pequenos: Rotina, boa alimentação, uma boa noite de sono e muito amor!

Um programa inesquecível: Foi uma viagem com o maridão ao Japão! Já com as crianças um dia inesquecível foi quando meu filho foi conhecer sua irmã na maternidade! Indescritível esse dia!

A viagem perfeita com os pequenos: é sempre para a praia! Vamos muito para Maresias, onde temos casa e as crianças simplesmente amam! Sol, mar, areia é diversão garantida!

Melissa x Melissa: Sou muito sincera e amiga. Não guardo mágoas e se tenho algum problema, tento sempre resolver na hora. Sou uma pessoa que procura ver sempre o lado bom das coisas. Até mesmo nas adversidades, penso que poderia ser pior etc. (É o meu lado Poliana de ser!!!) Acho que assim a vida fica mais leve!

melissa-thó-entrevista-3 melissa-thó-entrevista-2 melissa-thó-entrevista-1 melissa-thó-entrevista

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

1 comentário

  1. Camila

    Amei a entrevista!! A Mel é assim mesmo, uma mãe extremamente amorosa e uma querida. Um exemplo de mãe e pessoa!
    Beijos
    Cammie