categorias: home

Vacinas – por Dra. Flávia Mariano

Olá queridas m@es!

Hoje vou falar sobre vacinas, mais especificamente sobre a recente mudança na idade recomendada para a segunda dose da vacina tríplice viral (SCR – sarampo, caxumba e rubéola) e da vacina contra varicela (catapora).

Ambas vacinas (SCR e Varicela) eram feitas nas crianças aos 12 meses de idade, e a segunda dose, aos 4 anos.

A nova recomendação é que a PRIMEIRA DOSE da varicela continue sendo aos 12 meses, simultaneamente com a vacina tríplice viral (mas em aplicações separadas, pois a quádrupla viral – SCR + VARICELA na mesma aplicação – mostrou-se associada a uma maior frequência de febre nos lactentes que recebem a primeira dose desta vacina, quando comparados com os que recebem as vacinas SCR e varicela em injeções separadas, na primeira dose); e que a SEGUNDA DOSE da varicela seja antecipada para o segundo ano de vida, (entre 15 e 24 meses), de preferência combinada com os reforços de sarampo, caxumba e rubéola. (Aí sim, portanto, pode ser usada a quádrupla viral – SCRV, sem esse risco aumentado para febre alta).

O intervalo sugerido entre a primeira e segunda doses da vacina varicela é de 3 meses ou mais, sendo no mínimo de 1 mês.

A vacina contra a varicela em dose única é altamente eficaz para a prevenção das FORMAS GRAVES da doença, mas essas modificações no esquema de doses ocorreram pois estudos avaliando crianças vacinadas apenas com uma dose desta vacina mostraram que com o passar do tempo 15 a 20% delas podiam desenvolver quadros clínicos de varicela após contato com a doença. Em comparação com crianças não vacinadas, a maioria desses casos foram mais leves, com menos lesões, pouca ou nenhuma febre, menor duração e menor incidência de complicações.

Entretanto, essas crianças com varicela atenuada podem transmitir a doença a comunicantes e, eventualmente, desencadear surtos.

Crianças que receberam apenas uma dose da vacina varicela e apresentem contato domiciliar ou em escola com indivíduo com a doença devem antecipar a segunda dose, respeitando o intervalo mínimo de 1 mês entre as doses, como já dito anteriormente. Durante surtos ou após contato íntimo com caso de varicela, podemos vacinar crianças de 9 a 12 meses (desde que estas não apresentem alguma imunodeficiência), entretanto as doses feitas antes de 1 ano de idade não devem ser consideradas como válidas.

A vacinação também pode ser indicada na profilaxia pós-exposição dentro de 5 dias após contato, preferencialmente nas primeiras 72 horas.

Portanto, m@es, a recomendação atual da Sociedade Brasileira de Pediatria e da Sociedade Brasileira de Imunizações para a vacinação de crianças contra o sarampo, a caxumba, a rubéola e a varicela é:

1- Primeira dose: aos 12 meses de idade: SCR e varicela (preferencialmente) ou SCRV (quádrupla viral), de acordo com a decisão do pediatra.

Em situações epidemiológicas que justifiquem a antecipação de vacinação contra essas infecções, ela pode ocorrer aos 9 meses de idade.

2- Segunda dose: SCR e varicela ou SCRV, o mais precocemente possível, a partir de 3 meses após a primeira dose.

Segue abaixo o Calendário Vacinal recomendado atualmente pela Sociedade Brasileira de Pediatria:

calendariovacinal-formaes

 

Qualquer dúvida, estou à disposição!

Um beijo para vocês.

 

flavia marianoDra. Flávia Mariano
Pediatra e Neonatologista
CRM: 127.047 
e Mãe da Gabi, de 2 anos e 7 meses.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

1 comentário

  1. Leila Roma

    Flávia,
    Meu filho tomou a varicela com 1 ano e meio. Hoje ele tem 2 anos e 8 meses. Posso dar a segunda dose da vacina?