categorias: home, Mãe da Semana

Karina Campo

 

Uau que alegria ! Antes de mais nada , gostaria muito de agradecer a minha aceitação no grupo há quase 02 anos , o Lucca tinha 06 meses e muitas vezes eu pensava lendo os posts : poxa por que não existia o grupo quando a Pietra nasceu ! Com certeza teria me achado uma mãe de primeira viagem muito mais normal !!!! Obrigada Renata e Kiki por este grupo maravilhoso !

 

Tenho 34 anos, sou casada há 09 anos, consultora de eventos e Dra. em Desenvolvimento Infantil e Relações Humanas : MÃE . Meus projetos atuais são uma linda menina de 06 anos a Pietra e um furacão de 01 ano e 09 meses o Lucca. O dia de hoje não poderia ser mais especial, hoje completo 18 anos de relacionamento com o meu esposo entre namoro, noivado e casamento. Vendo tudo que passamos e construímos juntos tenho mais que certeza que fiz as escolhas certas e que o meu sonho de realização de família foi consumado.

 

Desde menina sempre adorei crianças, meus priminhos sofriam na minha mão. Eu sempre queria cuidar, beijar, abraçar, dar banho, dormir agarrada na rede e enchia as mamadeiras de água fingindo ser leite. Minhas tias e primas ficavam loucas, mas sempre me deixavam cuidar da creche ! Sim creche porque graças à Deus em todos esses anos perdemos somente 02 entes queridos, cada ano tem um novo bebê nascendo e a família aumentando. Minha Vó é tataravó e tem atualmente 16 bisnetos, o mais novo nasce agora em Junho na Austrália.

 

Conheci o Jorge com 16 anos na chácara dos meus pais, tínhamos muitos amigos em comum e nos tornamos também. Ele entrou para o exército e ficamos mais de 01 ano afastados, quando nos reencontramos sabe quando você vê a pessoa com outros olhos? Parece mais alto, mais bonito, mais interessante, mais charmoso e de farda ainda ? Ploft !!!!

O problema todo é que eu sabia que ele era mais velho, super baladeiro, mulherengo e eu pensava ele nunca vai querer nada comigo! Eu era super novinha, bailarina, toda certinha sabe. E não foi que ele se interessou ? Começamos a namorar no dia 21 de Janeiro de 1995. Mas depois fiquei sabendo que meu primo apostou com ele uma caixa de cerveja se ele conseguisse ficar comigo hahahaha ! Ele se apaixonou na hora, largou as outras 02 namoradas (sim eu seria a terceira) e ele brinca que está pagando essa caixa de cerveja até hoje…

 

Em 2000, tomei um grande susto. Sempre tive cólicas fortíssimas durante o período da minha menstruação. Várias vezes tiveram que me levar às pressas para tomar medicação na veia para aliviar a dor. Resolvi que não sofreria mais e procurei uma boa Ginecologista, fiz todos os exames e no meu retorno ela me olhou friamente e me disse: Olha você está com uma anomalia e precisamos operar o mais rápido possível. Como assim anomalia Dra.?

 

Karina você tem um tumor e precisamos retirar o quanto antes para biópsia. Eu estava sozinha na consulta, minhas pernas tremiam e achei que não conseguiria chegar em casa. Meu Deus como assim? Quase não consegui contar para os meus pais, eu só chorava! Liguei para o Jorge e falei a minha situação ele como sempre falou que tudo daria certo e que teríamos a nossa família.

 

Retirei o tumor via Videolaparoscopia e aguardamos o resultado que com a graça de Deus deu como benigno. Confesso que o meu maior medo não era o resultado da biópsia, mas se um dia poderia ser mãe. Desde o começo de namoro sonhávamos que seriamos pais de uma menina bem gostosa chamada Pietra.

 

Nos casamos no dia 16 de Agosto de 2003 e em Janeiro de 2006 recebi a melhor notícia da minha vida : estava grávida! Todos os meus medos se dissiparam e tive cada vez mais fé em Deus que eu poderia e seria uma boa mãe. Passei super mal, vomitei do inicio ao fim e nunca reclamei de nada. Com mais ou meses 05 meses de gestação descobrimos que nossa tão sonhada Pietra nos tinha escolhido para sermos seus papais. Quando fomos avisar a família que teríamos uma menina todos falavam : Ai não acredito a Pietra de vocês agora é realidade ! Choramos tanto no ultrassom quando vimos os “hamburguinhos” na tela que a médica olhava para gente desesperada hahahaha. Nessa época eu trabalhava como consultora de eventos de uma grande rede hoteleira e trabalhava demais! Sempre amei o meu trabalho e quanto mais desafios, viagens e correria era melhor, me sentia realizada. Porém com quase 06 meses, minha pressão começou a aumentar,tive que fazer acompanhamento e minha médica antecipou a minha licença maternidade para não correr riscos. Deixei minha mala e a dela arrumada e fomos passar o feriado de 07 de Setembro no interior, para minha surpresa no dia 09 de Setembro comecei a ter contrações. Eu sentia uma dor forte na lombar e minha barriga ficava dura, achei que tinha me esforçado. Nem reparei que minha avó estava ao meu lado olhando o relógio de pulso. Ela me pediu para falar quando as dores viessem, colocou a mão na minha barriga, pediu para chamar o Jorge e nos disse que eu estava com contrações de 20 em 20 minutos. Oi como assim? Fomos à maternidade local e realmente eu estava com contrações, útero do colo ainda fechado e a pressão um pouco alterada, mas me sentindo bem. Fiquei 02 horas em observação e vi que a enfermeira vinha me medir toda hora, por fim ligaram para minha GO, ela me fez algumas perguntas, falou com o médico , falou com o Jorge , me enfiaram no carro em 20 minutos eu estava na maternidade Santa Joana com a roupa do corpo. Assim que entrei no saguão no hospital tudo ficou preto, vomitei, fiquei com tonturas e minha pressão estava 22×11 ! Estava com pré-eclampsia e não senti nenhum dos sintomas! Ela veio silenciosa. Estava exatamente de 36 semanas! Pietra foi retirada ás pressas assim que minha pressão baixou no dia 10 Setembro de 2006. Nasceu linda, pitica, cabeluda e magrela. Ficou na UTI por 04 dias , mas graças a Deus sobrevivemos sem nenhuma sequela ! Larguei tudo para curtir essa pequena cada segundo , ela me ensinou o verdadeiro significado da palavra amor e dedicação. Fiz questão de amamentar por 01 ano e 08 meses.

 

Em Junho de 2010 tive Zoster e fiquei internada quase 10 dias tomando medicação fortíssima, depois de 10 dias descobri que estava grávida novamente! Acredito que tudo na minha tem que ter emoção sabe. E agora ? Como estaria o bebê ? Graças a Deus tudo perfeito ! Passei mal novamente do inicio ao fim e tive mais 06 crises de cólica de rins durante a gravidez do Lucca ! Aguentei firme, pois estava novamente sendo abençoada em gerar um filho. Ele nasceu no dia 28 de março de 2011, mesmo dia do aniversário do meu pai e recebeu o nome do tataravô italiano. Nasceu de 39 semanas lindo,cabeludo, gordinho e saudável ! Pietra assistiu o nascimento dele e pode colocar a mão nele assim que ele saiu da sala de parto. Veio completar o nosso hospício e tornar os dias cada vez mais coloridos.

 

Somos muito felizes e somos loucos por nós mesmos. Não consigo viver um minuto longe de nenhum deles. Agradeço a Deus todos os dias pelo ótimo esposo e por ter realizado o meu sonho mais antigo se ser mãe. Agora é só correr atrás dos outros que ainda faltam 😉

 

Eu era: Super agitada, super concentrada, super objetiva, competitiva e independente.

Depois da maternidade, eu sou: Mais agitada, menos concentrada, menos objetiva e super realizada.

Como descobriu a primeira gravidez: Na primeira tentativa engravidei e não tive atraso. Senti cólicas e dores nos bicos dos seios. Fiz um teste de farmácia assim que cheguei no escritório e deu positivo com um risco forte e outro bem clarinho. Fiquei na dúvida e olhava o teste o dia inteiro para ver se apagava. Comprei um cartão, um body rosa, coloquei o teste e escrevi : tomara que seja uma menina e saiba fazer porquinho !  Na mesma noite fomos ao hospital e fiz o exame de sangue : Super positivo ! Acordamos a família inteira ás 23h30 para contar a novidade. Descobri com 04 semanas.

E a segunda: Vocês acreditam que foi o Jorge e a Pietra que falaram que eu estava grávida ? Estava com 05 dias de atraso e achei que a medicação forte poderia ter interferido. Não tínhamos programado nada. Fiz o teste voltando do trabalho por desencargo e bingo 02 riscos enormes e fortes! Nos abraçamos e choramos os 03 juntos ! Descobri com 05 semanas.

Pretende ter outros: Sim queria mais um! Marido acha que sou louca hahahaha

Seu mais novo tem APLV, como descobriu: Descobrimos quando ele tinha 08 meses e meio com a introdução de novos alimentos. Dei um pouquinho de purê e a boquinha ficou vermelhinha, deu uma lambida no sorvete a bochecha ficou vermelha, e quando foi roer um parmesão ficou com o rosto e mãos queimados.

Hoje como lida com isso: Confesso que no começo foi mais fácil, como ele não tinha apresentado nenhum outro sintoma me senti feliz. Nunca precisei fazer dieta, nunca vi meu filho sofrer e descobrimos rápido sem precisar fazer um mundo de exames. Agora com ele maior é mais difícil. Ele já entende e pede as coisas, principalmente por termos outra criança em casa. Tive que refazer toda a alimentação da casa, conversar muito com a Pietra e familiares, tive que entrar na dieta agora (ainda amamento ele) e tentar tornar a vidinha dele mais fácil. A reação dele é imediata e rápida com risco de choque anafilático e fechamento de glote. Vivo com o coração na mão e antialérgico na bolsa. Já tive várias crises de choro, vários surtos, tenho muito apoio e troca de informação no grupo. Não nos isolamos e continuamos com as nossas viagens e vida social tomando todos os cuidados, mas nem sempre acertamos.Tenho certeza que tudo isso passará como uma leve brisa !

Trabalha: Assim que a Pietra nasceu, larguei meu mundo workaholic e me dediquei somente a ela. Fiz a mesma coisa assim que o Lucca nasceu e pretendo ficar um bom tempo até ele se curar. Atualmente sou voluntária no Cinematerna e coordeno as sessões no Santana Parque na Zona Norte de São Paulo ou quando temos algum lançamento grande. É um trabalho maravilhoso , amo a minha família pink !

Em caso positivo, onde fica o bebê: Nunca tive babá e sempre cuidei deles sozinha. Até os 18 meses Lucca me acompanhou nas sessões do Cinematerna, quando não é classificação livre ele fica com a minha mãe.

Por que optou por isso: Infelizmente devido a APLV, evito ainda a escolinha. Prefiro ele em casa sob os nossos cuidados.

Melhor distração: 4 mom´s óbvio e meus filhos. Adoro acompanhar o desenvolvimento diário deles. Cada dia uma nova palavra, uma nova atitude, um novo aprendizado, amo ver os olhinhos brilhantes ansiosos para descobrir o mundo.

Ícone: Meus pais apesar de não serem perfeitos. Meu pai me ensinou a encarar todos os desafios e obstáculos da vida de frente sorrindo para espantar o medo. Minha mãe ensinou que quando a vida nos pede devemos sorrir, pular, gritar, dar cambalhota, ter coragem, ser artista de cinema… Que sempre podemos realizar nossos sonhos e que eles tem gosto de chocolate.

Ser feliz é: é ver meus filhos crescendo com sensação de que estou fazendo a coisa certa.

O maior sonho: Está mais que realizado! Pude gerar 02 filhos lindos e maravilhosos. Desejo ter agora saúde e discernimento para saber educá-los e como devem enfrentar esse mundo louco

Horas de sono por noite: 06 a 07 horas porque sempre durmo tarde

Que horas curte o marido: Coitado no pouco tempo que sobra de noite e madrugada! Assim que as crianças dormem, conseguimos conversar, assistir um filme, namorar… Agora montamos um novo esquema para esse ano, só resta saber se dará certo.

Uma dica para as futuras mom´s: Sempre sigam o seu coração. O que dá certo para uma criança, não dá certo para outra. Cada criança é única.

Uma receita infalível para os pequenos: Rotina, limite e muita paciência. Eles nos testam todos os dias e a todo momento. Respire e siga em frente.

Um programa inesquecível: Todos que estamos juntos, tentamos fazer tudo parecer mágico para eles apesar do Lucca ainda não entender muito.

A viagem perfeita com os pequenos: Já viajamos muito, mais a mais esperada ainda está por vir se Deus quiser.

Karina X Karina: uma pessoa livre de preconceitos, cheia de fé, completamente realizada e cada dia mais feliz ao lado daqueles que eu amo.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

27 comentários

  1. Raquel Sampietro

    Nossa Karina, que montanha russa de emoções a sua vida !!!! Isso é teste pra cardíaco!!! rs….Quanta superação numa história só hein? Isso pq vc é nova! E que todas as proximas emoçoes da sua vida seja sem sustos, somente emoções de alegria! O Lucca tem apenas 12 dias de diferença da minha Maria Clara….parabéns pela família linda. E que Deus os abençoe sem medidas! bjs

  2. Priscila Harari Goldstajn

    Ka, quantas emoções, hein?? adorei conhecer um pouco mais sobre vc e sua familia linda… bjo grande!!

  3. Fabiola

    Linda !

  4. Renata F. Cantáfior

    Quanta turbulência!!! Porém, o melhor é sempre manter a alegria e a fé!
    No fim, tudo dá certo!
    Adorei saber mais sobre você!
    Beijo

  5. Amanda Bernardes

    Linda, me emocionei muito!! ( eu era uma das primas que ela brincava de babá kkkk) te amo!!

  6. Patricia

    Linda Kaká…. adoro toda sua história e sua luta…sou testemunha da sua dedicação e do tamanho do seu amor por toda sua família! Casei com o primo que apostou a cerveja! kkkkkk…. obrigada por sempre me receber tão bem, por sempre ter uma palavra amiga, por ser uma pessoa tão doce no trato..beijo no coração…

  7. Eloisa Ueno

    Karina adorei!!!!! O importante é nao deixar a peteca cair…parabéns por toda essa forca e alegria!!!! Mas…o q é porquinho?? Kkkkkkkk
    Bjs

  8. Marcelle Caruso

    Essa é uma querida… Empatia de cara… Um doce, fofa , carinhosa e mãe de duas pessoinhas lindas ! A família é nota mil, bem ao estilo comercial de margarina! Bjocas

  9. Michelle Ziller

    Sou super fã! Temos filhos com a mesma diferença de idade, entao ja conversamos inbox vaaaaaaariaa vezes. Rs
    Ainda vamos nos conhecer pessoalmente, né?
    Quem sabe nao faço campana qdo a Helena nascer pra conhecer algumas de vcs? Rs

    Bj!!!

  10. Bianca

    Muito legal mesmo!! Mãezona super dedicada e salve simpatia!! Adorei!
    beijos
    Bianca

  11. Flávia Moré

    O amor supera tudo, né? Essa é a lição da sua história de vida! Amei! E vc é super alto astral! Continue assim. Bj

  12. Aretha Ferreira

    Adorei te conhecer um pouco mais Ká…Parabéns pela família linda e mãe que se tornou… Bjs da sua amiga pink rs

  13. Adriana M. Baptista

    Karina adorei sua estória!! Um grande beijo pra vc e pra sua familia!!!

  14. karina campo respondeu Priscila Harari Goldstajn

    Obrigada Pri! Amooooo

  15. karina campo respondeu Fabiola

    Obrigada !

  16. karina campo respondeu Renata F. Cantáfior

    Rê, ainda bem que no fim tudo dá certo mesmo ! Muito obrigada

  17. karina campo respondeu Amanda Bernardes

    Tadinha, foi uma das minhas bonequinhas ! Linda , hoje me orgulho muito e me emociono ver você toda mãezinha cuidando do seu anjo. Te amo !

  18. karina campo respondeu Patricia

    Patu querida, as crianças precisam sempre lembrar dessa história né ! Sua linda, minhas portas sempre estão abertas para te receber

  19. karina campo respondeu Eloisa Ueno

    Nunca deixar a peteca cair mesmo, sempre um levantando o outro. Porquinho é quando o bebê franze o nariz e imita o porco mesmo hahahaha

  20. karina campo respondeu Marcelle Caruso

    Má você sabe que amo vocês né ! Sua família linda também é de comercial de margarina, e quando Helena chegar então ai ai ! Muito obrigada por tudo amiga

  21. karina campo respondeu Michelle Ziller

    Mi sou louca para conhecer vocês ! Assim como sua irmã amo de paixão mesmo com mais de 700 km de distância. Parece que somos amigas de longa data, louca para dar uns cheiros no Gordelícia.

  22. karina campo respondeu Bianca

    Obrigada querida !

  23. karina campo respondeu Flávia Moré

    Sim o amor supera tudo ! Obrigada querida !

  24. karina campo respondeu Aretha Ferreira

    Minha amiga pink ! Fomos unidas 02 vezes né , pelo 4 mom´s e pelo cinematerna ! Amoooooooo

  25. karina campo respondeu Adriana M. Baptista

    Obrigada Dri

  26. Monica Veras

    Querida amiga, só vi agora que vc é MOM DA SEMANA!!!
    Semana nada, vc é uma das moms do século, guerreira linda!
    Super beijo pra vc!!

  27. Izabel Alvenius

    Affeee… To perdendo tantas notícias maravilhosas nessa minha correria!!!
    Amei, Ka!
    Gostei de vc logo de cara, tão carismática, despretenciosa… Uma fofa mesmo!!!
    Parabéns pela garra!! Bjo bem carinhoso em vc e nos piticos…rs (Pietra nem tanto, né?rs)